Banner do Blog

Diet e light não querem dizer "mais saudável"

Imagem do post

Nesta semana, falamos sobre algumas pegadinhas presentes em rótulos de produtos ultraprocessados.Tem muita gente comprando gato por lebre em produtos que se dizem "caseiros", "naturais", "integrais", "fonte" disso e daquilo e enriquecidos com um monte de coisas.

Quer ver mais duas palavras que, para muita gente, são sinônimo de comida saudável? Diet e light.

Ultraprocessado diet ou light continua sendo ultraprocessado. Ou seja: comida de mentira.

A regra é a seguinte: para ser light, o produto tem que ter 25% a menos de um determinado nutriente (açúcar ou sódio, por exemplo) em comparação com o item convencional da mesma marca. E para ser diet, ele não pode ter açúcar nenhum (o que é muito importante para os diabéticos, por exemplo).

Problema: o açúcar é muito usado pela indústria de alimentos para diminuir a quantidade de gordura em produtos ultraprocessados. Quando a indústria troca o açúcar por adoçante artificial, precisa aumentar novamente a gordura. Entendeu a matemática?

É uma gangorra: imitação de comida com mais açúcar ou com mais gordura? Melhor ficar com comida de verdade – aquela que você sabe quanto de açúcar e quanto de gordura tem porque foi você que preparou. Aliás, quer uma boa sugestão de sobremesa gostosa e com pouca gordura e pouco acúcar? Essa musse da foto do post leva só chocolate amargo e água.

Aproveite o fim de semana pra pensar no mantra: "comida de verdade tem menos rótulo, comida de verdade tem menos rótulo..."

Receitas relacionadas
Categorias relacionadas

Causos

Aprenda a cozinhar