Banner do Blog

#MARMITASDOPANELINHA: invista nos grãos

Imagem do post

A marmita mais prática do mundo é a da salada. Não precisa aquecer, não precisa de faca para comer e, dependendo de como ela foi montada, dá para comer no pote mesmo.

Mas se este post é sobre grãos, por que vocês estão falando de saladas?

Ah, sim, claro: porque grãos são uma pitada e tanto na hora de pensar as marmitas de salada. Eles deixam a mistura de folhas, hortaliças e molho muito, muito mais gostosa de comer (textura extra!), mais saborosa (é só variar o grão), com mais sustança (nada de fome dali meia hora) e mais rica (variar os alimentos é dica preciosa de alimentação saudável de verdade).

Pode usar qualquer grão? Pode. Deve: de novo, o motivo é a importância da variação. Em vez de ensopados, os grãos podem ser apenas cozidos e escorridos para virar saladas com sustança – lentilha temperada com cominho é surpreendente e feijão-fradinho com coentro é absurdamente bom! E olha que prático: o feijão-branco e o grão-de-bico podem ser enlatados, para os dias de pressa.

Dá uma olhada na receita de hoje do #VideoPitadas! É marmita de grão-de-bico com carne (assada ou de panela, o que sobrou por aí?) e vinagrete!



A ervilha fresca e o milho-verde comprados congelados também viram salada depois de um cozimento rápido.

Invista no molho e remolho para acelerar o cozimento e diminuir o probleminha de gases típico dos feijões – não precisa fazer molho no caso da lentilha, que cozinha bem mais rapidamente.

Fotos: Editora Panelinha / por Gilberto Oliveira Jr.