Banner do Blog

Cardápio de Natal: Bacalhoada

Imagem do post

Nosso país é mundialmente conhecido pelo clima tropical e, do Amapá ao Rio Grande do Sul, todos nós vestimos nossos melhores vestidos e bermudas para curtir com leveza o Natal, que acontece apenas quatro noites depois do início do verão.

Por isso você já deve ter ouvido alguém reclamar das tradições importadas, como as árvores de Natal enfeitadas com neve e até a roupa do Papai Noel, que em nada combinam com o nosso verão. Mas e quando o assunto são pratos servidos à mesa? Tender e pernil são alguns exemplos de carnes que não fazem parte do repertório festivo da nossa culinária - e olha que a mistura de culturas, graças às imigrações, é uma das nossas características mais marcantes do Brasil.

Então por que não investir em uma bacalhoada, herança portuguesa, que aqui no Panelinha é montada de um jeito mais rústico, perfeita para ser levada à mesa? O mesmo vale para entradas e acompanhamentos, como a brasileiríssima salada de couve com vinagrete de laranja. Para acompanhar, um drinque super refrescante feito limoncello caseiro, o Limoncello Spritz. Ah, ainda tem pudim de rabanada de sobremesa, que vale tanto quentinha saindo do forno quanto bem fresquinha, pronta na geladeira. 

São pratos que podem ser preparados no dia anterior (deixe apenas para colocar a uva passa no arroz branco logo antes de servir) ou são pá-pum, quase instantâneos e que não vão te prender na cozinha. O truque, como sempre, é se planejar para aproveitar ao máximo esse momento tão único de reunião com pessoas queridas.

LEIA TAMBÉM

Cardápio de Natal: sugestões que vão da ceia até o jantar do dia seguinte