Banner do Blog

Páscoa: bacalhoada (e muitas outras sugestões)

Imagem do post


Quem é freguês do Panelinha já deve ter notado que temos um caso de amor com bacalhau: somos fãs de tradição (bacalhau+Páscoa = <3), e amamos receitas de família (o preparo de bacalhau das casas do pessoal da equipe foi extensamente debatido nos meses de produção do especial de Páscoa).


E temos mais uma mania. (Risos.) Adoramos pegar receitas clássicas e mexer um pouco. Uma camada de sabor aqui, um toque de perfume ali, um jeito de nova de cortar o ingrediente, de servir.


A bacalhoada deste ano é mais prática e elegante ao mesmo tempo. Alimentos em pedaços maiores revelam todas as nuances de textura e de sabor da preparação.


Ela leva tomate-cereja, cabeças de alho inteiras, pimentões cortados em pedaços grandes, cebolas em quartos e batatas em cubos médios, com casca. O resultado é um preparo com pedaços robustos, que enchem os olhos e o prato, e que a gente come percebendo cada nuance de textura e de sabor.


É muito sabor! O alho e as batatas passam pela água do cozimento do bacalhau, para pegar gosto. Depois de escorridos, bacalhau, alhos e batatas vão para o forno com pimentões, azeitonas, cebolas e muito azeite.


E o ovo?

Os ovos foram tema de intenso debate. Quando vão para o forno com os outros ingredientes, quase sempre saem de lá ressecados. Quando são adicionados depois de tudo, parecem estrangeiros, alienígenas: os outros ingredientes já tiveram seus sabores unidos, e o ovo fica de fora.


Nossa sugestão: o ovo vira molho! Explico: depois de cozido, é picadinho e misturado  com muita salsinha e azeite. É muito bom! E fica lindo (sabe aquela molheira que fica no fundo do armário? Já está escalada para o almoço de Páscoa).


Receitas inéditas de Páscoa

Bacalhoada

 Molho de ovos

 

Especial de Páscoa: veja + receitas de bacalhau e pratos festivos com peixe

E confira o vídeo de estreia da série Refogado, com receita sob medida para a Páscoa

Receitas relacionadas
Categorias relacionadas

Aprenda a cozinhar

Festas