Banner do Blog

Cozinha Prática: vai ter bisteca no pê-efe do dia!

Imagem do post

A expressão ‘não sabe nem fritar ovo’ não é à toa. É comum a gente começar na cozinha preparando pratos bem básicos – um ovo frito, um macarrão, o arroz do almoço de casa. Depois vêm as receitas mais complexas, com mais etapas, mais ingredientes. O passo seguinte é ficar mais confortável para adaptar as receitas e, logo na sequência, inventar preparos novo.


Isso pode levar anos para acontecer, é verdade. Mas parte do meu trabalho é encurtar esse caminho para você. Depois de 20 anos trabalhando com culinária, posso dizer que desenvolvi uma fórmula para criar receitas. Quando olho para um alimento, penso nos seguintes pontos: quais os corter possíveis (picado, em cubo, fatias, etc.), quais os métodos de cozimento (grelhado, assado, guisado…) e quais são as combinações de sabores clássicas. Alternando essas três variáveis, dá para inventar muita coisa nova. E saborosa. E, melhor: com o que você tem em casa, na geladeira.


Vai ser assim no Cozinha Prática desta semana. Aquela couve de sempre, fatiada e refogada com alho para compor o prato de feijoada, fica de lado para dar espaço a preparações surpreendentes, do corte ao método de cozimento.


Os chips de couve são um ótimo exemplo. Já viu isso? As folhas de couve, rasgadas, vão para a assadeira com cubos de manteiga. No forno, murcham e em seguida ficam crocantes. Sirva como petisco de happy hour, mande na lancheira das crianças ou faça como mostro no episódio: sirva como acompanhamento do pê-efe.


Um, dois, feijão com arroz

O prato-feito desta semana é matador! Além da couve versão chips, tem feijão preto com leite de coco (fan-tás-ti-co!) e arroz com temperinho adaptado dos japoneses – uma mistura de chips de couve assada, bem quebradinha, misturada com gergelim branco e preto. Dá ar de novidade ao arroz branco de sempre.


A carne da vez é uma bisteca grelhada bem suculenta, com rodelas de abacaxi. Fique tranquilo, que também ensino como deixar a carne no ponto certo. Adianto que tem técnica, e que é simples: a bisteca precisa passar por um soro mágico, para não ressecar.


Na volta da feira

Trouxe maços de couve verdinhos e frescos da feira para fazer não só os chips, mas salada de couve crua – as folhas dão aquela boa curtida numa vinagrete de laranja – e um macarrão cozido com as folhas de couve – e que também levam pimenta dedo-de-moça.


Você já tinha preparado couve no macarrão, na salada ou tipo chips? Já tinha combinado com laranja, com pimenta, com massa? Pois é, esse negócio de variar corte, cozimento e sabores é um adianto e tanto na cozinha. Tudo fica muito mais prático. Não perca o episódio!


O que vesti no episódio

Camiseta: Andréa Boghosian.

Jeans: Diesel para The Jeans Boutique.

Brincos: Carla Amorim.

Bracelete: Hector Albertazzi.

Mix de pulseiras: Boho Hype.

Rasteiras: Arezzo.


O episódio inédito do Cozinha Prática com Rita Lobo vai ao ar às segundas-feiras, 20h, no canal a cabo GNT. Reapresentações: terça (5h e 17h30), quinta (10h e 22h30), sexta (10h30 e 18h), sábado (20h) e domingo (5h30 e 15h30).


Foto: Editora Panelinha / por Gilberto Oliveira Jr.

Figurino: Fernanda Kenan. Beleza: Paula Vida.

O Cozinha Prática é uma produção do Estúdio Panelinha.