Banner do Blog

Feira Fashion Week: um desfile de motivos para ir à feira

Imagem do post

Para celebrar essa instituição da alimentação saudável, decidi fazer um desfile de ideias, motivos e receitas para você ir à feira. É o Feira Fashion Week! Olha, o que eu não invento para convencer todo mundo a comprar e comer mais hortaliças? Topo até desfilar com looks de frutas e legumes (sem falar nos livros, vídeos, receitas, programas de TV, dicas, posts, simpatias).


Feira Fashion Week está acontecendo no meu perfil do Instagram com o objetivo de chamar atenção de mais gente para a importância de comer mais hortaliças e também para algumas armadilhas que o momento atual – com o crescimento da tendência de comer mais produtos de origem vegetal – vêm trazendo para a mesa. 


Aqui vou fazer aquele resumo mais conceitual, para você que, como eu, gosta de ler um pouco mais.


A vantagem da feira

Quem vai à feira volta dela com a sacola cheia de comida de verdade, ingredientes que vêm da natureza. Porque é isso que tem à venda nas barracas. Não tem gôndola nem geladeira de ultraprocessado para distrair sua compra.

Agora, se você é da turma que já tentou mas acabou desistindo porque acaba perdendo ingredientes por não usar, dê uma nova chance a esse programa. Claro que o ideal é calibrar a compra para não ficar se desdobrando para usar o que levou pra casa, mas com as dicas de receitas e aproveitamento que você encontra no Panelinha, tenho certeza que você vai usar até a última folha do repolho da gaveta de legumes.

O caminho mais direto é digitar na busca o nome do ingrediente que está sobrando por aí. Quer um exemplo: Abobrinha. Digite na busca do Panelinha para encontrar mais de 70 receitas, digite na busca do Canal Panelinha no YouTube para achar mais de dez vídeos com receitas, ideias e dicas. Isso sem falar no glossário da abobrinha, onde você aprende como escolher e como usar essa hortaliça, com ideias de diferentes maneiras de cortar e diferentes métodos de cozimento. 

Com as informações reunidas nesses lugares você vai aprendendo a tirar o máximo da compra da feira. Vou reunir aqui uma lista de links úteis:

Glossário: como escolher e usar as hortaliças

Série O Que Tem na Geladeira: para maratonar

Como limpar os alimentos da feira


A tendência do plant based

A preocupação legítima de reduzir o impacto da produção de carne no planeta virou uma oportunidade para a indústria dos ultraprocessados.Aos poucos, o veganismo vai sendo sequestrado por uma indústria que está mais interessada em gerar mais lucro do que em proteger o planeta. O mercado de substitutos de produtos de origem animal vai movimentar bilhões!

Aí você, movido pela boa intenção de fazer sua parte contra o aquecimento global, acaba entrando na mira de uma armadilha que empurra para o seu prato um produto ultraprocessado, que faz mal para sua saúde. E o pior: é caro! Você gasta mais para comer pior. 

A solução é simples e acessível: hortaliças! É preciso virar uma chave: em vez de  hambúrguer de proteína de soja e ervilha que tenta imitar carne, faça um delicioso falafel de verdade ou de vegetais grelhados. A ideia é basear mais refeições em pratos sem carne e explorar a riqueza das hortaliças. Aqui reuni cinco exemplos para ajudar você a virar a chave:

 

Em vez de hambúrguer de imitação de carne, vá de sanduíche de falafel

Em vez de pizza de queijo vegano, vá de foccacia de abobrinha

Em vez de snack plant based ultraprocessado, vá de chips de banana

Em vez de molho de tomate com almôndegas plant based, vá de ensopado de abobrinha

Em vez de cheesecake sem queijo, vá de pastel de banana

 

No Panelinha tem muitas receitas sem carne para quem precisa de ideias para variar esse cardápio e fazer escolhas melhores, tanto para o planeta quanto para a sua alimentação.

Receitas Sem Carne

 

Alimentos da época

Chique é ser exclusivo e tem hortaliças que você só encontra na feira, caso do maxixe, da chicória, do jiló. A feira é tão fashion que tem até temporada outono/inverno e primavera/verão. Tô aqui brincando, mas repare: quanto mais você vai à feira, mais conhece a época dos alimentos. Chique é ser exclusivo e ao mesmo tempo acessível: quando está na época, a hortaliça fica mais em conta, o que tem sido, infelizmente, cada vez mais importante. 


Todos os preços de alimentos subiram, um desastre que colocou uma parte da população em insegurança alimentar. Tenho falado bastante disso por aqui. Mas mesmo que estejam mais caras, as hortaliças, especialmente as que estão na época, seguem mais em conta do que as carnes e, principalmente, do que os alimentos ultraprocessados plant based que querem substituir a carne e as hortaliças no seu prato, fazendo você gastar mais para comer pior.

Aqui no Panelinha, tem uma seção chamada Economize na Feira, em que destacamos os alimentos que estão na época.

Economize na Feira

 

Atendimento personalizado

Na feira o atendimento é personalizado. Muito chique essa Feira Fashion Week! Só na feira você conversa com uma pessoa que tem tanta experiência que pode sugerir preparos com as hortaliças que você vai levar pra casa. Aí, com as sugestões anotadas, você corre no Panelinha para ver o passo a passo. Converse com o feirante, ele é uma fonte riquíssima de informações. Sabe qual batata é melhor pro nhoque, qual banana é melhor pra fritar, qual maçã fica mais gostosa na torta, qual laranja é melhor pro bolo. Claro que se você é cliente fiel do Panelinha e está acostumado a preparar essas receitas, sabe qual comprar porque já conhece. Mas se não souber, pode confiar no que o feirante diz. Ele também pode ensinar a escolher os alimentos ou escolhe para você um que esteja no ponto, maduro ou verde, dependendo das suas necessidades. É quase uma consultoria individual que ajuda você a planejar a semana. Que luxo!

 

Todas as tendências reunidas

Se o assunto é tendência, ninguém ganha da feira. Nem supermercado moderninho. Olha só: 


Todas as barracas de hortaliças e frutas somadas às de grãos, com aqueles feijões difíceis de encontrar no mercado: a feira resolve a vida de quem está reduzindo o consumo de alimentos de origem animal. Uma tendência que veio para ficar, porque coloca a saúde no planeta na equação da alimentação saudável. Só precisa tomar cuidado com as etiquetas que querem vender falsificações, alimentos ultraprocessados que imitam comida de verdade (sabe que eu tô falando dos ultraprocessados plant based).


Para quem adotou o crudivorismo, a feira é o paraíso. Crudívoros precisam de muitas frutas. Fruta é o máximo: é o alimento que está realmente pronto para comer. Isso é que é praticidade: é só lavar e comer. 


E quem já ouviu falar dos pescatorianos? São as pessoas que comem apenas alimentos de origem vegetal e peixes. Adivinha onde os pescatorianos fazem a festa? Na feira! A barraca do peixe é um sucesso (quem mais tem a memória gostosa de infância de o dia da feira ser o dia de ter peixe no almoço em casa?). 


Viu como a feira é tendência? Espero que esses loucos looks tenham inspirado você a ir à feira, encher a sacola de hortaliças e deixar sua alimentação mais saudável. Fique com Dior e boa semana.