Banner do Blog

Veja como foi a nossa festa de fim de ano

Imagem do post

A festa de fim de ano do Panelinha foi demais! Muita gente passou pela livraria Martins Fontes Paulista para tirar foto comigo, pegar carimbautógrafos em seus livros e assistir ao workshop de pão com o Luiz Américo Camargo, que também assinou o Direto ao Pão.


Logo cedo, antes mesmo de a livraria abrir, já tinha fila na porta! Ao longo da manhã, a livraria ficou um agito. Muita gente aproveitou que os livros estavam com desconto para resolver os presentes de Natal ou completar a coleção. 

COMPRE OS LIVROS DA EDITORA PANELINHA

Falando em coleção, desta vez a livraria parceira topou carimbautografar livros levados pelos leitores. Bastante gente chegou com sacolas cheias! É tão gostoso ver os exemplares com marcas de uso: um atestado de que as receitas funcionam.


Às 10h, o Luiz Américo abriu a programação do dia com o workshop de pão sírio, receita incrível de seu novo livro Direto ao Pão

O Luiz vestia a camisa que está usado no livro Direto ao Pão e arrancou risos da plateia ao dizer que escolheu o figurino do dia "para provar que é ele mesmo na foto da capa". Enquanto ele preparava o pão na bancada do auditório, o pessoal se reunia para a sessão de fotos no térreo da livraria. 

Quando cheguei, a fila serpenteava o corredor do edifício Patrimônio, onde funciona a Martins Fontes Paulista. O pessoal estava na maior animação! A sessão de fotos é um momento muito especial porque dá tempo de conversar, olhar no olho e se conhecer um pouco. 


A Adriana veio tirar foto comigo segurando o Cozinha a Quatro Mãos e o Só para Um. Na hora ela me contou que eram os dois únicos livros que faltavam na coleção dela! 

E depois, nas redes sociais, ela postou um depoimento lindo.


"Antes de casar eu não sabia nem esquentar água para o café (e não é piada), pois com ela, aprendi que até para fazer café tem truques.

Eu conheci ela um tempo antes de casar e comecei a assistir muito atenta aos seus programas, pois eu tinha um propósito, fazer a minha própria comida, as minhas escolhas de "comida de verdade".

Aprendi coisas simples como cortar cebola em cubinhos (mas com técnica) e todos os outros legumes e vegetais, a fazer um bom caldo para usar nos risotos e sopas. Conheci e aprendi a usar temperos que eu nunca tinha nem ouvido falar. Fiz jantares, almoços e ceia de natal com suas receitas, chamei amigas para jantar no cozinha prática em tempo real.

Mesmo depois de anos assistindo seus programas, ainda consulto seus livros, para pegar mais uma dica, um truque. Hoje me sinto tão intima que chamo ela de Ritinha, porque realmente acho que somos amigas."

É muito gostoso encontrar e reencontrar leitores. O Leh relembrou o nosso reencontro de 2016. 

 

A Eliana também relembrou um outro encontro, um pouco anterior, de 2015. Ela contou que ficou quatro horas na fila da outra vez – estava, claro, feliz da vida que nesta fez não precisou esperar tanto. É que naquela época eu assinava os livros à mão! Desde 2016, as sessões de lançamento têm o carimbautógrafo: eu escrevo um recado para cada evento, à mão mesmo, e ele é transformado em um carimbo. São muitas vantagens: a fila anda mais rápido, dá tempo de a gente conversar um pouquinho e o meu ombro agradece (dava uma bursite danada assinar tudo à mão). 

E para quem não conseguiu ir, não há motivos para tristeza: este foi apenas o último lançamento deste ano. Em 2020 tem mais! Sempre aviso na minha cartinha e nos meus perfis nas redes sociais. 

ASSINE A NEWSLETTER PARA SER AVISADO DOS PRÓXIMOS LANÇAMENTOS

Siga meus perfis no Instagram, no Facebook e no Twitter.