Banner do Blog

Marmita de chef: bobó caipira de bisteca com arroz de repolho, por Urideia Andrade

Imagem do post

A Urideia Andrade é chef do bufê Flor de Mandacaru e criadora do projeto Mobiliza Jaguaré, que distribui marmitas solidárias. Ou seja, em marmita, ela é mais do que craque. A Deia tem um olhar muito especial sobre o que é cozinhar pro outro. Tem a ver com amor e com respeito, é inspirador.


Acostumadíssima a fazer essas transformações, ela apenas arrasou. A bisteca e o purê passaram por uma metamorfose total e viraram um bobó caipira. Já o repolho foi chacoalhar o arroz, que ficou festivo e bem fresco. Sucesso total.

 

Marmita de chef: bobó caipira de bisteca com arroz de repolho

 

Rende 2 porções


PARA O ARROZ


½ xícara (chá) de arroz

¼ de cebola

1 dente de alho

1 xícara (chá) de água fervente

1 colher (chá) de azeite

¼ de colher (chá) de sal

½ xícara (chá) de repolho roxo macerado com damasco

 

  1. Numa chaleira, leve um pouco mais de 1 xícara (chá) de água ao fogo baixo. Descasque e pique fino a cebola e o alho.
  2. Leve uma panela pequena ao fogo médio. Regue com 1 colher (chá) de azeite, adicione o alho e refogue por 1 minuto. Junte a cebola e refogue até murchar.
  3. Adicione o arroz e misture bem. Regue com a água fervente, tempere com o sal, misture e não mexa mais. Deixe cozinhar em fogo médio, até a água atingir o nível do arroz. Abaixe o fogo, tampe parcialmente a panela e deixe cozinhar até que os grãos absorvam toda a água. Para verificar, afaste delicadamente com um garfo o arroz do fundo da panela; se ainda estiver molhado, deixe cozinhar mais um pouquinho. Enquanto isso, prepare o bobó.
  4. Desligue o fogo e mantenha a panela tampada por 5 minutos para que os grãos terminem de cozinhar no próprio vapor.
  5. Abra a panela e solte os grãos com um garfo. Adicione o repolho ao arroz e misture com um garfo — assim o repolho aquece com o calor residual do arroz.

 

 

PARA O BOBÓ


1 bisteca com molho de limão

½ xícara (chá) de purê de feijão-branco com tahine

1 mandioquinha

½ pimentão vermelho

¼ de cebola 

½ xícara (chá) de leite de coco

1 pimenta-de-cheiro

1 colher (sopa) de azeite de dendê

3 ramos de coentro

sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

 

  1. Com uma escovinha para legumes, lave bem a casca da mandioquinha sob água corrente. Corte em rodelas grossas, transfira para uma panela, cubra com água e leve ao fogo médio para cozinhar por cerca de 15 minutos, ou até a mandioquinha ficar bem macia. Enquanto isso, separe o restante dos ingredientes.
  2. Descasque e pique fino a cebola. Lave, seque e corte o pimentão em quadrados de 1 cm. Lave, seque e corte a pimenta-de-cheiro em meias-luas finas. Descarte o osso e corte a bisteca em cubos de 2 cm. Lave, seque e pique fino as folhas e os talos do coentro.
  3. Reserve a água do cozimento da mandioquinha e transfira os pedaços para o liquidificador. Adicione ¼ de xícara (chá) do leite de coco, junte ¼ de xícara (chá) da água do cozimento e bata até formar um creme liso — caso necessário, acrescente um pouco mais de água para bater.
  4. Volte a panela da mandioquinha (sem a água) ao fogo médio (nem precisa lavar!). Regue com o azeite de dendê, adicione a cebola, o pimentão, a pimenta-de-cheiro e refogue por 2 minutos, até murchar. Acrescente a bisteca, tempere com sal e mexa bem por 1 minuto para aquecer. 
  5. Acrescente o restante do leite de coco e misture bem para absorver os sabores do refogado. Misture o creme de mandioquinha e deixe cozinhar até ferver. Por último, adicione o coentro picado e sirva a seguir com o arroz de repolho.