Banner do Blog

Marmita de chef: cuscuz marroquino com berinjela assada e molho agridoce de tomate

Imagem do post

Sabe quando você tem um monte de ingredientes em casa, mas só um pouquinho de cada? Dá vontade de juntar tudo, mas bate aquele medo de virar gororoba, não é? O programa de hoje é sobre isso. Vou preparar uma receita cheia de ingredientes, que fica bem saborosa, e contar todos segredos pra você conseguir fazer preparações harmônicas. É como numa orquestra: o maestro precisa garantir que todos toquem no ritmo pra música acontecer.


Receita do dia: Cuscuz marroquino perfumado com laranja, grão-de-bico, cenoura e uva-passa, servido com berinjela assada com cominho e molho agridoce de tomate


Os sabores da laranja, da cúrcuma, do louro, do limão e do refogado de cebola e cenoura se combinam pra formar um cuscuz único, que ainda leva grão-de-bico e uva-passa. A berinjela, temperada com cominho, e o molho de tomate bem diferentão (levacasca de laranja, vinagre, canela e cravo!), complementam essa refeição surpreendente.


A dica de ouro tem a ver com referência: quando você quiser explorar combinações de sabor mais ousadas, pesquise cozinhas tradicionais de outros lugares. Pra esse prato, a inspiração é marroquina. Lá, predominam especiarias como cominho, canela, e sabores cítricos, como o da laranja e o do limão. Então o cominho foi pra berinjela assada. A canela pro molho de tomate. A laranja brilha no cuscuz e também no molho. 


Marmita de chef: FALÁFEL REVISITADO DE CUSCUZ MARROQUINO, BERINJELA E ABÓBORA, por Ariana Lenti

A Ariana Lenti é mais conhecida como Turca. Filha de libanesa-baiana, ela aprendeu a cozinhar com a mãe e ficou conhecida por fazer uma comida perfumada, de sabores intensos. Além de atender eventos com seu bufê Das Turca, ela acabou virando especialista em marmita durante a pandemia (foi o jeito que encontrou de continuar com o negócio).


Ariana tirou de letra a variedade de sabores das sobras que tinha pra transformar em marmita. Aliás, ela transformou totalmente o sabor do preparo incluindo ainda mais especiarias (muitas!), ervas (diversas!) e dá-lhe raspinha de limão. 


O faláfel revisitado, feito com abóbora assada, é uma daquelas ideias bem boas pra aproveitar as sobras sem ficar com cara de gororoba.


Sobras planejadas

Com as duas berinjelas que mandei a mais pro forno, vai sair uma salada incrível. Daquelas que resolvem a refeição. 

A panzanella com berinjela assada é inspirada nessa receita clássica italiana que utiliza a sobra de pão e tem o perfume do manjericão. Rende bem e fica assim linda.

 

Cozinha Prática vai ao ar segunda (4) às 20h45.