Banner do Blog

Receitas para usar seletas caseiras

Imagem do post

Se você tem vida corrida, mas sabe da importância de comer comida caseira, vai aproveitar muito esta ideia de preparar e congelar seletas caseiras de legumes. Elas garantem a variação dos alimentos, mesmo naquelas semanas em que não deu para ir à feira. E o preparo das seletas não precisa ser um peso na sua rotina, elas podem ser feitas aos poucos. Quer ver?

 

Quando for picar batata para o purê, corte um pouco a mais, já branqueie e congele. O mesmo vale para cenoura, vagem, mandioquinha, salsão, abóbora, pimentão, brócolis, couve-flor… Abobrinha? Epa, essa a gente não congela: a textura depois de descongelar fica ruim.

 

A seguir, listei uma série de ideias para colocar no planejamento do cardápio, já considerando as seletas congeladas.

 

Ovos + seleta
Com ovos e uma seleta de legumes você prepara pratos num piscar de olhos. Ótima saída para garantir jantares rápidos.

Ovo mexido com talos de espinafre – substitua o espinafre por uma seleta de legumes, refogue e descongele ao mesmo tempo.
Panquequinha de ervilha com ricota temperada – substitua a ervilha pela seleta congelada.
Frittata de batata com cebola – junte um punhado da combinação que tiver em mãos na panela de refogar as cebolas – os legumes vão descongelar e refogar com ela.


Nos pratos do dia a dia
Com seletas congeladas, você pula algumas etapas. Assim, dá para preparar pratos mais longos, ou especiais, em menos tempo.

Cozido de carne com legumes e pirão – que tal uma seleta só de raízes? Mandioca + inhame + batata + batata-doce têm tempo de cozimento parecido e entram na mesma hora na receita.
Cassoulet com farofinha de pão – salsão + cenoura formam a base de sabor deste prato. Ter os dois congelados no mesmo saquinho adianta a vida.
Picadinho oriental – mantenha uma seleta para yakissoba com pimentão + brócolis + cenoura.
Maionese de legumes – batata + cenoura + vagem (mas você pode inventar outras combinações também).
Ensopado vegetariano – batata-doce, abóbora e couve-flor são a base deste prato cheios de especiarias.


Sopa com seleta
Essa é fácil: dependendo dos legumes da sua seleta, a sopa muda de sabor e de cara!

Canja de galinha – uma seleta básica de batata e cenoura já é meio caminho andado para ter uma canja quentinha.
Sopa de legumes – a mais fácil de todas: qualquer combinação vale!
Sopa creme de brócolis e couve-flor – sopa cremosa a jato.

Fotos: Editora Panelinha