Banner do Blog

Técnica de restaurante na cozinha de casa

Imagem do post

Mesmo quem gosta de cozinhar sofre com a cozinha do dia a dia. Ninguém tem tempo! É um baita obstáculo para manter a comida fresca e variada todo santo dia. No Panelinha, a gente está sempre de olho em truques e técnicas que facilitem a sua vida. E na hora de pensar as receitas, leva em conta a dinâmica da cozinha de casa. A maioria das pessoas não tem um zilhão de utensílios – muito menos assistentes para dar expediente na bancada. É muito diferente de uma cozinha de restautrante. Mas, porém, todavia, entretanto, algumas práticas e técnicas de cozinha profissional são muito bem-vindas no seu dia a dia. Veja a seguir como ganhar tempo investindo em planejamento. 

Pré-preparo

Na cozinha de um restaurante, um turno de cozinheiros chega bem cedo para fazer o pré-preparo e deixar tudo no jeito para a hora do serviço. É por isso que, quando a sua mesa faz o seu pedido, com vários pratoos diferentes, eles chegam ao mesmo tempo na mesa. 

Em casa, essa estratégia economiza alguns passos na hora de cozinhar. Calma, você não vai começar o dia na cozinha. Mas, você pode ter no congelador cebola em cubinhos, salsão picadinho e cenoura ralada congelados. Eles são perfeitos para dar sabor ao refogado, seja para preparar legumes, o arroz ou o feijão. E vão do congelador direto para para a panela com azeite. Está dada a largada do refogado!

Falando em cortar, vale a pena investir numa faca de chef. No começo, você pode estranhar, mas com o tempo, vai ganhando habilidade e se dá conta de que ela é um motor. Uma boa faca acelera os preparos, mas precisa estar com  o fio em dia, tá?

 

Como escolher uma faca

Como cortar cebola

Como cortar alho

Como picar tomate

 

Congele sem medo

Outro adianto: alimentos pré-prontos, a um passo da finalização. O feijão cozido com louro, porcionado e congelado vai para a panela do refogado e, em coisa de 10 minutos, está pronto para ser servido. O molho básico de tomate, o caldo de carne... com algumas bases no jeito, chegar em casa e preparar o jantar fica mais rápido. E falando em finalização, ervas frescas bem armazenadas dão outro clima ao jantar. Tem que chegar da feira, lavar e armazenar em pote com fechamento hermético. Dá para congelar? Sim! Mas, atenção, nesse caso só servem para cozinhar, e não para finalizar o prato.  

Como cozinhar, congelar e descongelar feijão

Como congelar molho de tomate

Prepare e congele caldos caseiros

Como cortar e armazenar (ou congelar) ervas frescas


Salada fresquinha todo dia

Na cozinha de um restaurante, ninguém lava a alface cada vez que alguém pede uma salada verde. Assim que as folhas verdes entram na cozinha, são lavadas, secas e armazenadas. Na hora de montar o prato, é abrir a embalagem – e temperar a salada. Quando chegar em casa da feira, faço o mesmo em casa. Investir um tempo para guardar os alimentos da melhor forma possível pode fazer a diferença entre comer salada ou não no dia a dia. Dá muita preguiça ter que lavar as folhas na hora do jantar!

Lave bem as folhas sob água corrente, transfira para uma tigela com 1 litro de água e um bactericida da sua escolha. Deixe de molho por 15 minutos. Em seguida, retire as folhas com cuidado para que as sujeirinhas fiquem no fundo da tigela. Enxague e seque bem. Aliás, vale investir numa centrífuga. Mas também dá para usar um pano de prato limpo ou papel-toalha. Guarde as folhas em um pote com tampa ou em saco plástico. Mais um truque de restaurante: uma folha de papel-toalha úmida ajuda a manter o frescor das folhas.


Como fazer molho de salada

Molhos de salada do Panelinha

 

Técnicas de cozimento

Arroz e feijão no prato, salada resolvida. Agora é só decidir: bife perfeito, frango grelhado ou carne moída bem temperadinha? Tanto faz, tem técnica profissional para todos os cozimentos. A carne moída, por exemplo, sabe qual o segredo para ficar cremosa? Diga: sangê! Vem do francês singer. Na prática, significa que você vai colocar um pouquinho de farinha na carne ainda crua, antes de dourar na panela.

Digo-lhe mais: quem sabe grelhar direitinho transforma até filé de frango em jantar especial! Tem técnica para isso. E quem domina as técnicas de selar e deglaçar transforma o bife do dia a dia em preparos surpreendentes.

 

Como grelhar frango

Como grelhar bife

Singer: carne moída com molho de cerveja

Como selar e deglaçar

 

Essas técnicas estão aqui e ali nas receitas do Panelinha – neste post tem vários exemplos. Elas aparecem explicadas nos passos das receitas. Sem perceber, você vai aprendendo novos recursos para usar todos os dias no preparo refeições gostosas e variadas.