Banner do Blog

Vem aí: Cozinha Prática 2020

Imagem do post

Dia 9 de março estreia a 18º temporada do Cozinha Prática. Dá para acreditar?! Em todas elas, ensinei comida de verdade para todas as ocasiões. E para cada uma delas, criei uma novidade que, de alguma forma, ajudasse você a chegar mais perto da cozinha, de uma alimentação saudável, sem esquecer do prazer de comer e de cozinhar. E, na próxima, não vai ser diferente.

O programa, que era semanal, passou a ser exibido diariamente, de segunda a sexta, às nove da noite – e tem mais todas aquelas reprises que eu mesma não sei o horário! Mas, uma coisa eu tenho certeza: você não deveria perder nenhum episódio da nova temporada. 

Há um sem fim de iniciativas pensadas para afastar as pessoas da cozinha. A indústria de ultraprocessados, os apps de entrega de comida, e muita gente caiu no conto de que cozinhar é "perda de tempo".

Já sabemos que, em termos epidemiológicos, à medida que as populações se afastam do fogão, os índices de obesidade aumentam. A epidemia global de obesidade é diretamente ligada ao consumo de ultraprocessados. Mas abrir mão de cozinhar vai além da piora da saúde física.

Toda vez que alguém que se orgulha de não saber fritar um ovo começa a falar sobre um curso de mindfulness, tenho vontade de rir – ou de chorar, se eu estiver mais sensível. Ou de mandar a pessoa para a cozinha! Quem preparar a própria refeição, e maneja a faca e o fogo, sabe que cozinhar é puro mindfulness – se você não estiver no momento presente, ou se corta ou se queima. E, no final, mais do que algo concreto, você ainda produz o seu alimento, a partir de ingredientes que vêm da natureza.

Em vez de assistir a vídeos de técnica de mindfulness, vem comigo preparar o jantar da segunda-feira, em tempo real! 

Cozinhar faz bem para o corpo, para a alma, alimenta as relações, nos conecta com o essencial. E há muita gente fazendo de tudo para você perder a autonomia e, consequentemente, a independência na cozinha. O Cozinha Prática acabou virando um lugar de resistência na comida de verdade na televisão. E, também por isso, você não deveria perder a nova temporada.

A semana começa com o já tradicional Cozinha Prática Em Tempo Real. Toda segunda preparamos uma refeição em menos de 30 minutos. Às terças, é dia de Desgourmetiza, bem! com aquelas receitas que todo mundo ama, preparadas de um jeito gostoso, para relembrar o prazer de cozinhar. Às quartas, tem episódios da temporada de Reaproveitamento. E às quintas... Prepare-se: é Dia de Feira! Nas sextas, vamos revisitar a temporada das Cozinhas.

 

A grande novidade

Toda quinta, você vai dar uma volta na feira comigo! Por quê? Para repensar o cardápio, as compras, as refeições, a alimentação!

Alô? Prepare-se para se divertir muito às quintas! a nossa conversa vai ficar ainda mais rica – e as receitas são superespertas!

 

Se a base da nossa alimentação deve ser de alimentos in natura, não há lugar melhor para fazer as compras. A feira é também um símbolo! Claro que você pode ir ao sacolão, à quitanda, encomendar a cesta de orgânicos. Basear a alimentação em ingredientes que vêm da natureza tem a ver com mudar um pouco o jeito de pensar as refeições.

Em cada episódio, escolho um grupo de alimentos e levo para o estúdio comigo. Podem ser alimentos de uma mesma cor – como os amarelos, que são uma jóia no prato –, ou de uma mesma família biológica – como as brassicaceas. Prepare-se para se divertir muito às quintas! Os episódios são bem diferentes: a nossa conversa vai ficar ainda mais rica – e as receitas são superespertas! 


As reapresentações

Além dos episódios inéditos, ao longo da semana vamos rever temporadas muito especiais. Acho até que elas estavam à frente do tempo. As duas foram um sucesso tremendo e você vai reconhecer receitas clássicas do Cozinha Prática, mas a camada mais conceitual certamente vai ser mais compreendida hoje.


Às quartas tem Reaproveitamento

A cada episódio, mostro como transformar uma receita principal em três refeições diferentes, a partir do ponto da multiplicação. Por exemplo: a base é um estrogonofe de filé mignon. Depois de dourar a carne, você separa um tanto para preparar outra receita, os rolinhos de acelga (alguém pensou marmita do dia seguinte?). A sobra planejada do estrogonofe vai se transformar em um molho de macarrão surpreendente. E mais: ainda mostro maneiras diferentes de servir o estrogonofe. Com batatas ao murro, com arroz e batata palha, com batata assada.

A lista de receitas das quartas, aliás, é um arraso: estrogonofe de carne, frango assado, bolo de nada, costelinha de porco com molho mediterrâneo, sopa de cebola, tagine de peixe, ricota caseira, risoto na pressão com legumes grelhados… só clássico do Cozinha Prática!

Às sextas, vamos visitar Cozinhas

Que sucesso fechar a semana com essa temporada! A cada episódio visitamos uma cozinha para ver como pessoas com diferentes perfis organizam o cômodo mais importante da casa! Depois da visita, volto para o estúdio e preparo receitas para aquele perfil. E ainda dou dicas para você aproveitar na sua casa as melhores ideias da cozinha do dia. E tem cada receita! Salada de grão-de-bico com cebola e cenoura assadas, bolo gelado de coco, shakshuka, pernil assado com molho de abacaxi e repolho refogado, brownie com frutas, polenta cremosa com ragu de linguiça… 

É muita coisa, né? Mas assim é que é bom! Toda semana, publico a lista de compras nas minhas redes sociais para você poder cozinhar comigo na segunda-feira. E passo o cardápio semanal para motivar você a entrar mais e mais na cozinha.