Cenoura

O sabor adocicado e a textura crocante fazem da cenoura um ingrediente versátil. Com o salsão e a cebola, forma um trio equilibrado (dulçor-frescor-potência) chamado mirepoix, base de sabor para refogados, cozidos e imprescindível no preparo de caldos caseiros. Na hora de comprar, prefira a cenoura com a rama: ela dura mais na geladeira e as folhas podem ser refogadas, cozidas no arroz ou batida em sucos.


Como preparar

Crua: doce, fresca e crocante, vai bem fatiada fina, ralada, cortada em cubos pequenos ou em tiras finas. Também funciona bem em sucos. A casca, apesar de fina, escurece e tem sabor levemente amargo. Melhor descascar.
Cozida: quanto mais cozida, mais doce a cenoura fica. Assim, ela recebe muito bem especiarias, que equilibram o dulçor. O tempo de cozimento varia de acordo com a textura desejada - de al dente para salada até bem macia para a sopa.
Assada: fica com um gostinho caramelado típico desse método de cozimento. Os pedaços ficam levemente macios, mas ainda com resistência à mordida.
Refogada: é base de sabor para as mais variadas receitas. Se for ralada bem fininha ou cortada em cubos pequenos, chega a sumir (como no ragu de carne).  
Braseada: fica macia, sem perder o formato do corte - que deve ser mais grosso para não desmanchar - e absorve os sabores dos temperos em que for preparada.
Grelhada: fica marcada e com gostinho chamuscado sem perder a textura crocante. Bastam sal e pimenta para a cenoura virar entrada ou acompanhamento de risotos e grelhados.
No vapor: mantém a cor, o formato do corte e fica macia. Bom método para acompanhar grelhados ou preparar uma salada morna.
Branqueada: depois de passar pela água fervente e pela água fria, fica com a cor vibrante e textura crocante, ideal para saladas ou para congelar e usar em cozidos.


Melhor época para comprar

De maio a janeiro


Como escolher

Deve estar firme. Evite cenouras rachadas, com aspecto ressecado ou com manchas escuras. Quando a parte mais próxima do talo está esverdeada é sinal de cenoura mais amarga. Cenouras com ramas são as mais frescas (corte as folhas para usar e deixe um pedaço de cerca de 5 cm do talo junto a raiz para guardar - assim elas duram mais na geladeira).


Como armazenar

Lave apenas na hora de usar. Para guardar, limpe apenas com um pano (ou papel-toalha) e coloque em saco plástico fechado na área menos fria da geladeira.


Como congelar

Crua, em fatias finas, vai direto para o liquidificador para virar suco ou para a frigideira do yakissoba. Ralada, vai do congelador para a panela no refogado. Branqueada em cubos, é congelada na seleta de legumes. Nunca congele a cenoura em pedaços grandes ou inteira e não descongele em temperatura ambiente para ser usada crua - ela fica com textura desagradável.