Frigideira de bacalhau da Paloma

De origem portuguesa, a frigideira ganhou leite de coco e logo virou comida de festa em 'Gabriela, Cravo e Canela'. É por isso que foi parar no livro 'A Comida Baiana de Jorge Amado', de Paloma Jorge Amado (Editora Panelinha).


AutorPaloma Jorge Amado

Tempo de preparoAté 1h

ServeMais de 6 porções


Ingredientes

  • 1 kg de lombo de bacalhau sem pele e sem espinha
  • 3 batatas
  • 3 cebolas
  • 3 dentes de alho
  • 2 tomates
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 xícara (chá) de folhas de coentro (meça pressionando na xícara)
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 1 xícara (chá) de leite de coco
  • 1 pitada de farinha de trigo
  • 6 ovos
  • 8 azeitonas verdes sem caroço
  • sal a gosto

Modo de preparo

1. Na véspera, dessalgue o bacalhau: uma tigela grande, coloque o bacalhau e cubra com água; leve à geladeira e deixe de molho por 8 horas; troque a água e volte a tigela à geladeira por mais 8 horas; repita o procedimento mais uma vez - no total, essa dessalga leva 24 horas, com três trocas de água.

2. Escorra a água e transfira o bacalhau para uma panela grande. Cubra com água fresca e leve ao fogo médio. Quando começar a ferver, deixe cozinhar por 10 minutos. Prove o bacalhau e, se ainda estiver salgado, troque a água e leve para cozinhar por mais 10 minutos.

3. Enquanto isso, descasque e corte as batatas em cubos pequenos, de cerca de 2,5 cm.

4. Retire o bacalhau da panela e transfira para uma tigela. Na mesma água onde ele foi cozido, coloque as batatas e deixe cozinhar por 7 minutos, em fogo médio. Escorra a água e reserve os cubinhos.

5. Com as mãos, faça lascas rústicas no bacalhau ainda morno. Reserve.

6. Prepare os demais ingredientes: descasque e pique fino as cebolas e os dentes de alho; corte em cubinhos os tomates e o pimentão vermelho, descartando as sementes; lave e seque bem as folhas de coentro e pique grosseiramente.

7. Preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média). Unte com 1 colher (sopa) de azeite um refratário redondo de cerca de 30 cm de diâmetro.

8. Leve ao fogo médio uma panela grande com o restante do azeite. Quando aquecer, refogue a cebola até ficar transparente. Junte o bacalhau e misture por 3 minutos. Acrescente o tomate, o pimentão, o coentro, o alho e refogue por mais 4 minutos. Verifique o sabor e, se for necessário, tempere com sal.

9. Regue o refogado com o leite de coco, salpique uma pitada de farinha e mexa bem. Junte os cubos de batata e misture delicadamente para não desmanchar. Tampe a panela e abaixe o fogo.

10. Numa tigela, quebre os ovos e bata com um garfo, apenas para misturar as claras com as gemas - não bata demasiadamente, pois o resultado será uma frigideira dura. Junte ao refogado de bacalhau cerca de ⅓ do ovos batidos e misture delicadamente. Desligue o fogo.

11. Transfira o refogado para o refratário untado. Regue com o restante dos ovos batidos (não precisa misturar), espalhe as azeitonas e leve ao forno para assar por 20 minutos ou até dourar. Sirva a seguir.