Imagem da receita

Picles de chuchu

Picles não precisa ser de pepino, sabia? Feito com fitas de chuchu (cru) fica lindo e crocante. O tempero ganha o aroma exótico das sementes de coentro e, como toda boa conserva, ganha ainda mais sabor depois de pelo menos um dia na geladeira.


AutorPanelinha

Tempo de preparoAté 2h

Serve1 pote de 500 ml


Ingredientes

  • 1 chuchu
  • ½ xícara (chá) de vinagre de arroz
  • ⅓ de xícara (chá) de mel
  • 1 colher (chá) de semente de coentro
  • 1 xícara (chá) de água
  • ½ colher (sopa) de sal

Modo de preparo

1. No pilão, quebre as sementes de coentro e transfira para uma panela pequena. Junte o vinagre, o mel e a água. Misture e leve ao fogo médio até ferver e o mel dissolver. Retire do fogo e deixe esfriar enquanto prepara o chuchu.

2. Descasque, lave sob água corrente e seque bem o chuchu com um pano de prato limpo - para não escorregar na hora de cortar. Corte o chuchu ao meio e retire o miolo. Com um descascador de legumes corte cada metade em fitas, no sentido do comprimento - comece passando o descascador na parte plana de cada metade para ficar mais fácil de cortar.

3. Numa peneira, coloque as fitas de chuchu, misture com o sal e deixe desidratar sobre uma tigela por cerca de 10 minutos.

4. Após os 10 minutos, lave o chuchu sob água corrente para retirar o excesso de sal. Transfira as fitas para um pote de vidro e regue com a mistura de vinagre e mel. Tampe e leve à geladeira por no mínimo 1 hora - o picles fica ainda melhor no dia seguinte ao preparo. Sirva com grelhados ou sanduíches.

 

OBS: conserve o picles num pote com fechamento hermético por até uma semana na geladeira.

Veja outros preparos com chuchu: