Imagem da receita

Quindão

Esta é a receita tradicional, com poucos ingredientes e muita técnica. É o quindão clássico, que fica cremoso e dourado, sem truques (nada de glucose para dar brilho). E sabe o que é melhor: congela superbem e fica perfeito depois de descongelado.


AutorPanelinha

Tempo de preparoMais de 2h

Serve10 porções


Ingredientes

  • 15 gemas
  • 1 xícara (chá) de coco fresco ralado fino (cerca de 100 g)
  • 1 ½ xícara (chá) de açúcar
  • 3 colheres (sopa) de manteiga derretida
  • manteiga e açúcar para untar e polvilhar a fôrma

Modo de preparo

  1. Para derreter a manteiga, leve ao micro-ondas por 20 segundos e mexa quando tirar para que fique uniforme. Numa tigela grande junte o coco, o açúcar e misture bem com as mãos, esfregando, até formar uma massa úmida e levemente compacta, parecendo areia molhada.
  2. Acrescente a manteiga derretida e misture novamente. Cubra com filme e deixe descansar na geladeira por 1 hora – esse descanso é essencial para o coco liberar sabor ao quindim e ficar bem úmido depois de assado.
  3. Faltando 20 minutos para terminar o tempo de descanso na geladeira, aproveite para separar as gemas das claras. Coloque uma peneira sobre uma tigela média. Numa tigela pequena, quebre um ovo de cada vez, transferindo as gemas para a peneira e as claras para outra tigela – se um estiver estragado você não perde a receita. As claras podem armazenadas na geladeira por até dois dias (ou 1 mês no congelador) para uma próxima receita.
  4. Com um garfo, fure as gemas e deixe o líquido escorrer para a tigela. Passe delicadamente as costas de uma colher pela peneira para agilizar o processo, mas sem pressionar demais – peneirar as gemas serve para eliminar a película que pode deixar o quindão com aroma forte de ovo.
  5. Passado o tempo de descanso, retire a mistura de coco e açúcar da geladeira, junte as gemas peneiradas e misture com uma espátula de silicone para incorporar – evite bater a massa, isso pode deixar o quindim opaco; no início ela parece dura mas vai amolecendo conforme as gemas vão sendo incorporadas. Deixe a massa descansar na tigela em temperatura ambiente por 30 minutos enquanto o forno pré aquece – esse descanso também ajuda a garantir um quindão saboroso e brilhante.
  6. Preaqueça o forno a 180 °C (temperatura média). Leve uma chaleira com cerca de 7 xícaras de água ao fogo médio – ela vai ser usada para assar o quindim em banho-maria, é bastante água mesmo, para não secar no forno.
  7. Unte generosamente com manteiga uma fôrma com furo no meio de 18 cm de diâmetro. Polvilhe com açúcar para cobrir bem a superfície e ainda sobrar uma camadinha fina no fundo da fôrma (cerca de 2 colheres (sopa) são suficientes).
  8. Transfira a massa do quindão para a fôrma untada. Cubra o fundo de uma assadeira com um pano de prato dobrado, coloque a fôrma do quindão sobre o pano, leve ao forno e só então preencha a assadeira com a água fervente até cobrir metade da fôrma – o pano de prato serve para deixar o quindão bem liso, pois evita de a fôrma bater na assadeira durante o cozimento.
  9. Deixe assar por cerca 1h30, até a superfície do quindão ficar levemente dourada, e sequinha. Para garantir o ponto, espete um palito: a massa do quindão sob a camada de coco deve ter uma leve resistência, indicando não estar mais líquida.
  10. Retire do forno e deixe amornar fora da água por cerca de 30 minutos – é mais fácil desenformar o quindim morno. Para desenformar: passe a ponta de uma faca para descolar o coco da da lateral e do cone central. Cubra a fôrma com um prato e vire de uma só vez. Deixe esfriar completamente em temperatura ambiente antes de servir (se preferir, leve à geladeira por 3 horas).


CONHEÇA SEU FORNO

O tempo de cozimento pode variar muito de forno a forno. Aqui no Panelinha, fazemos testes em forno convencional e à gás. A variação de tempo de cozimento foi considerável. Nesta receita, usamos o tempo médio do forno a gás, mais comum. No elétrico, demorou bem menos (40 minutos). Fique atento às características do seu forno e olhe o quindim de tempos em tempos: quando a superfície começar a ficar sequinha, faça o teste do palito.

DICA DE PLANEJAMENTO

Você pode também assar o quindim num dia e desenformar no outro. Depois que esfriar completamente, deixe o quindim coberto com filme em temperatura ambiente (ou na geladeira). Na hora de desenformar, mergulhe o fundo da fôrma em água fervente por 1 minuto. Cubra com o prato e vire de uma só vez (caso o quindim não desenforme, repita o procedimento. Mas não deixe o quindim imerso na água por muito tempo, pois ele derrete.

PODE CONGELAR

Dura 5 dias na geladeira ou 1 mês no congelador (dica: desenforme o pudim já numa tigela com tampa, espere esfriar, tampe e leve ao congelador).

Para descongelar, retire do congelador e mantenha o quindim por cerca de 1 hora em temperatura ambiente antes de consumir. Fica perfeito.

Compre o que você precisa

Loja Panelinha