Imagem da receita

Risoto de alho-poró com ervilhas e ervas

Alho-poró é um clássico do risoto. Mas este risoto de alho-poró vai além. Ele convoca o delicado dulçor da ervilha, a cremosidade do mascarpone e um trio marcante de ervas – tomilho, sálvia e alecrim – para ficar todo elegante, todo diferentão. A receita é da chef Clô Dimet.


AutorChef Clo Dimet

Tempo de preparoAté 1h

Serve4 porções


Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de arroz para risoto
  • 2 xícaras (chá) de alho-poró fatiado
  • 1 xícara (chá) de ervilhas frescas
  • 1 cebola picada fino
  • 2 dentes de alho picados
  • ½ xícara (chá) de vinho branco
  • 1,5 litro de caldo de legumes
  • 2 colheres (sopa) de queijo mascarpone
  • 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • ½ colher (sopa) de folhas de alecrim picadas
  • 1 colher (sopa) de folhas de tomilho debulhadas
  • ½ colher (sopa) de folhas de sálvia picadas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

  1. Leve uma panela com o caldo de legumes ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e mantenha aquecido durante o preparo do risoto.
  2. Leve uma panela média ao fogo médio. Quando aquecer, regue com o azeite, junte a cebola, o alho e refogue até dourar. Misture o tomilho, o alecrim e a sálvia.
  3. Acrescente o arroz e misture para envolver os grãos com o azeite. Tempere com sal e pimenta, regue com o vinho e mexa até evaporar. Junte o alho-poró, as ervilhas e mexa bem.
  4. Acrescente uma concha do caldo quente e mexa até secar.  Repita o mesmo procedimento, adicionando o caldo de legumes, de concha em concha aos poucos até ficar no ponto –  o grão deve estar cozido mas ainda durinho no centro (al dente). Na última adição, não deixe o caldo secar completamente, o risoto deve ficar cremoso e ainda úmido.
  5. Desligue o fogo e misture a manteiga e o parmesão ralado. Por último, acrescente o queijo mascarpone e misture delicadamente. Divida o risoto em 4 pratos, finalize com um fio de azeite e pimenta-do-reino moída na hora. Sirva a seguir.


Obs.: se preferir utilizar a ervilha congelada, adicione no fim do preparo, antes da manteiga e do parmesão – elas descongelam apenas com o calor do risoto.