Imagem da receita

Arroz carreteiro

Quem sabe das coisas já vai separando sobras durante o churrasco para o carreteiro do dia seguinte. A receita é uma fórmula: considere 1 xícara de sobras para 1 xícara de arroz. Pode usar a combinação de cortes que quiser: vale picanha, linguiça, maminha… Sirva com vinagrete e farofa.


AutorPanelinha

Tempo de preparoAté 1h

ServeAté 4 porções


Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de sobras de carnes do churrasco picadas em cubos de 1 cm
  • 1 xícara (chá) de arroz
  • ½ cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 tomate
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 folha de louro
  • 5 ramos de salsinha
  • 3 talos de cebolinha
  • ½ colher (chá) de sal
  • pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  • folhas de salsinha a gosto para servir

Modo de preparo

  1. Corte as carnes em cubos de 1 cm – caso o corte escolhido tenha uma camada grossa de gordura, descarte. Nessa receita, usamos picanha e linguiça, mas você pode fazer diferentes combinações com o que tiver sobrado o churrasco. 
  2. Descasque e pique fino a cebola e os dentes de alho. Lave, seque e corte os tomates em quartos; descarte as sementes e corte cada quarto em tiras e as tiras em cubos de 1 cm. Lave, seque e pique fino a salsinha e a cebolinha. 
  3. Numa chaleira, leve um pouco mais de 2 xícaras (chá) de água ao fogo baixo para ferver.
  4. Leve uma panela média ao fogo médio para aquecer. Regue com 1 colher (sopa) de azeite, acrescente a cebola, tempere com uma pitada de sal e refogue por 4 minutos, até começar a dourar. 
  5. Adicione o tomate, tempere com uma pitada de sal e refogue por 2 minutos até murchar levemente – não é preciso desmanchar. Junte as carnes picadas, o alho e o louro, tempere com pimenta a gosto e mexa por 2 minutos para as carnes aquecerem e absorverem o sabor do refogado.
  6. Regue com 1 colher (sopa) de azeite, adicione o arroz e mexa bem para envolver todos os grãos com o azeite por 1 minuto – isso ajuda a deixar o arroz soltinho depois de cozido.
  7. Meça 2 xícaras (chá) da água fervente e regue o arroz. Tempere com ½ colher (chá) de sal, misture bem e não mexa mais. Enquanto isso, prepare a farofa.
  8. Assim que a água atingir o mesmo nível do arroz, abaixe o fogo e tampe parcialmente a panela. Deixe cozinhar até que o arroz absorva toda a água – para verificar se a água secou, fure o arroz com um garfo e afaste delicadamente alguns grãos do fundo da panela; se ainda estiver molhado, deixe cozinhar mais um pouquinho. 
  9. Desligue o fogo e mantenha a panela tampada por 5 minutos antes de servir para que os grãos terminem de cozinhar no próprio vapor. Em seguida, solte os grãos com um garfo e misture a salsa e cebolinha picadas. Sirva a seguir com molho vinagrete, a farofa tostada e folhas de salsinha.

PARA A FAROFA TOSTADA

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de farinha de mandioca torrada
  • 25 g de manteiga
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • sal a gosto

Modo de preparo

  1. Lave, seque e corte a pimenta dedo-de-moça ao meio no sentido do comprimento, descarte as sementes e fatie fino cada metade. Dica: para evitar acidentes com dedos apimentados nos olhos, passe óleo ou azeite nas mãos depois de cortar as pimentas — a capsaicina, substância responsável pelo ardor, é lipossolúvel. Depois, lave as mãos com sabonete para tirar o óleo.
  2. Leve uma frigideira média com a manteiga ao fogo médio. Assim que derreter, junte a pimenta picada e mexa por 1 minuto para perfumar. Tempere com sal e acrescente a farinha aos poucos, misturando com a espátula. Mexa por mais 5 minutos, até a farofa ficar bem dourada e crocante.