Imagem da receita

Cuscuz de milho com feijão-verde

Bem colorido e com sabores vibrantes, é acompanhamento ideal para carne de sol. Mas também funciona como prato principal, servido com salada de verdes. Ou até como entrada para um cardápio bem festivo. A receita é do chef Rodrigo Oliveira.


AutorRodrigo Oliveira

Tempo de preparoAté 1h

Serve8 porções


Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de farinha de milho flocada para cuscuz
  • 2 xícaras (chá) de feijão-verde cozido (ou fava-verde)
  • 1 xícara (chá) de abóbora japonesa cortada em cubos de 0,5 cm
  • 2 tomates
  • 1 cebola roxa
  • ½ colher (chá) de pimenta dedo-de-moça picada sem semente
  • ½ colher (chá) de pimenta-de-cheiro picada
  • azeite a gosto
  • coentro a gosto

Modo de preparo

  1. Numa tigela, coloque a farinha de milho e vá adicionando 1 xícara (chá) de água, aos poucos, mexendo com as mãos até ficar com a consistência de areia molhada. Deixe descansar por 5 minutos para hidratar.
  2. Preencha o fundo da cuscuzeira com água e encaixe o cesto de vapor na panela. Transfira a farinha de milho hidratada para o cesto, delicadamente com as mãos (ou uma colher), sem compactar – é isso que deixa o cuscuz bem macio. Tampe e leve ao fogo médio para cozinhar por cerca de 20 minutos após ferver. Verifique o ponto: ao abrir a tampa, o cuscuz deve estar inflado e bem macio ao toque.
  3. Deixe o cuscuz descansar, tampado, por 10 minutos depois de cozinhar. Enquanto isso, prepare os outros ingredientes: descasque e pique fino a cebola. Corte os tomates ao meio, descarte as sementes e corte cada metade em cubos pequenos. Lave, seque e pique fino o coentro, inclusive os talos  – eles dão mais sabor ao preparo.
  4. Leve uma panela grande ao fogo médio. Regue com ¼ de xícara (chá) de azeite, adicione a cebola e refogue por 3 minutos, até murchar bem. Junte a abóbora picada, tempere com uma pitada de sal e refogue por 4 minutos até ficar levemente macia, mas sem desmanchar. Acrescente as pimentas, os tomates e mexa bem por 1 minuto.
  5. Adicione o feijão cozido (e escorrido) ao refogado, tempere com sal e misture para aquecer. Solte o cuscuz cozido com um garfo e junte à panela, adicione o coentro picado e misture delicadamente. Transfira para uma tigela, regue com azeite a gosto e sirva.

 

Não encontrou feijão-verde?

Pode preparar com feijão-fradinho ou fava-verde cozidos. Ou ainda pode usar edamame (na versão congelada). Atente para comprar a versão que vem debulhada (sem a vagem) e descongele no micro-ondas (ou água quente), seguindo as orientações da embalagem, antes de acrescentar ao cuscuz.

PARA COZINHAR O FEIJÃO VERDE

Coloque 2 xícaras (chá) de feijão-verde numa tigela e lave bem sob água corrente. Escorra e transfira o feijão para uma panela média. Cubra os grãos com água – eles devem ficar completamente imersos – e leve ao fogo alto para cozinhar por cerca de 20 minutos até que estejam cozidos, mas ainda firmes, sem desmanchar.