Imagem da receita

Dal de ervilha seca

Chegou a hora de dar uma oportunidade à ervilha seca para que ela mostre que pode ser muito mais do que uma sopinha no inverno! Aplicamos a técnica de preparo indiana conhecida como dal para deixar a leguminosa como estrela deste cozido ricamente temperado, perfumado e de caldo mais grossinho justamente para que possa ser comido de colher ou com o pão naan. Com qual deles você vai?


AutorPanelinha

Tempo de preparoAté 2h

ServeAté 6 porções


Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de ervilha seca
  • 2 xícaras (chá) de água fervente para o demolho da ervilha
  • 1 cebola
  • 2 tomates maduros
  • 3 dentes de alho
  • 1 pedaço de gengibre fresco de cerca de 4 cm
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 1 litro de água
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 2 folhas de louro
  • 1 rama de canela
  • ½ colher (chá) de cúrcuma em pó
  • ½ colher (chá) de sementes de mostarda
  • ½ colher (chá) de coentro em grão
  • ½ colher (chá) de cominho em grão
  • sal a gosto
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • folhas de coentro a gosto para servir

Modo de preparo

  1. Coloque a ervilha numa tigela, cubra com 2 xícaras (chá) de água fervente e deixe de molho por 30 minutos — isso diminui o tempo de cozimento da ervilha. Enquanto isso, faça o pré-preparo.
  2. Com uma colher de chá, raspe a casca do gengibre e fatie o pedaço em rodelas finas. Descasque e pique fino a cebola e os dentes de alho. Lave e seque os tomates, corte cada um ao meio e descarte as sementes. Corte cada metade em cubos de 0,5 cm. 
  3. Corte a pimenta dedo-de-moça ao meio, no sentido do comprimento. Com uma colher, raspe e descarte as sementes. Fatie as metades em tiras finas, no sentido da largura. Dica: para evitar acidentes com dedos apimentados nos olhos, passe óleo ou azeite nas mãos depois de cortar as pimentas — a capsaicina, substância responsável pelo ardor, é lipossolúvel. Depois, lave as mãos.
  4. No pilão, coloque as sementes de mostarda, de cominho e de coentro. Bata apenas para quebrar um pouco as sementes — isso ajuda a liberar os aromas na hora de fazer o refogado.
  5. Passado o tempo do demolho, escorra a água da ervilha e transfira os grãos para uma panela média. Cubra com 1 litro de água, adicione as folhas de louro, a canela e o gengibre fatiado. Tempere com ½ colher (chá) de sal e leve ao fogo alto. 
  6. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, ou até que os grãos de ervilha estejam cozidos porém firmes — a ervilha vai terminar de cozinhar junto com o refogado. 
  7. Enquanto a ervilha cozinha, prepare o refogado. Leve uma frigideira ao fogo baixo. Quando aquecer, regue com o óleo e adicione as especiarias piladas; mexa por cerca de 1 minuto para liberar os aromas, mas atenção: cuidado para não queimar!
  8. Adicione a cebola, tempere com uma pitada de sal, aumente o fogo para médio e refogue por cerca de 5 minutos, até começar a dourar. Acrescente a pimenta dedo-de-moça, o alho e a cúrcuma e refogue por 1 minuto.
  9. Junte o tomate, tempere com uma pitada de sal e refogue por cerca de 3 minutos, apertando de vez em quando os pedaços de tomate com a espátula para que se desmanchem e formem uma pastinha. Verifique o cozimento da ervilha; caso os grãos ainda não estejam cozidos, desligue o fogo do refogado e deixe a ervilha cozinhar por mais alguns minutos.
  10. Coloque duas conchas da ervilha cozida (com o caldo) na frigideira e mexa bem para absorver todo o sabor do refogado. Transfira o conteúdo da frigideira para a panela com a ervilha e misture bem. Assim que ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 15 minutos, mexendo de vez em quando e pressionando levemente os grãos com a espátula, até que a ervilha tenha ficado bem macia e o caldo tenha engrossado levemente.
  11. Desligue o fogo e misture a manteiga. Sirva a seguir com folhas de coentro.

 

DICA

Sobrou dal? Coloque numa tigela, tampe e armazene na geladeira. Na hora de servir, aqueça o dal na panela com um pouco de água — ao esfriar, a ervilha absorve o caldo e fica mais firme mesmo.

PODE CONGELAR?

Sim, por 3 meses.
Para descongelar: deixe na geladeira de um dia para o outro, no micro-ondas ou direto na panela tampada em fogo baixo. Lembre-se de adicionar um pouco de água para deixar o dal mais caldoso.