Imagem da receita

Molho de tomate pelado

Uma bela dose de manteiga na finalização dá aquele reforço no sabor e deixa a textura mais aveludada. Um senhor molho de tomate, preparado em tempo recorde!


AutorPanelinha

Tempo de preparoPá-Pum

Serve4 porções (2 1/2 xícaras (chá) de molho)


Ingredientes

  • 2 latas de tomate pelado (com o líquido)
  • 2 ramos de manjericão (cerca de 10 folhas)
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • ½ cebola descascada
  • 1 colher (chá) de sal
  • pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

  1. Abra as latas, transfira os tomates (com o líquido) para o liquidificador e bata para triturar — se os tomates forem batidos após o cozimento, o molho fica alaranjado.
  2. Numa panela média, coloque o azeite e leve ao fogo médio. Quando o azeite estiver quente, adicione 1 ramo de manjericão e deixe fritar por 2 minutos. Retire a panela do fogo, acrescente a cebola (é sem picar mesmo), o tomate batido e tempere com o sal e pimenta a gosto. 
  3. Volte a panela ao fogo médio e deixe cozinhar por 6 minutos, contados após a fervura. Desligue o fogo, acrescente o restante do manjericão fresco e a manteiga — ela deixa o molho ainda mais aveludado. Mexa delicadamente para derreter.

Pode congelar!

Se quiser congelar o molho e usar pequenas porções de cada vez, não adicione a manteiga do passo 3 — espere para colocar só no dia de servir. Divida o molho em sacos plásticos com fechamento hermético — preencha apenas ¾ da capacidade e tire o máximo de ar possível. Feche, espalhe bem o molho para o saco ficar plano e conserve no congelador por até 3 meses. Na hora de usar, é só quebrar em placas a porção desejada e descongelar diretamente na panela.

Sugestão de
cardápio