Imagem da receita

Risoto com couve-flor e sálvia crocantes

Ideal para preparar a quatro (ou mais) mãos, essa receita tem bastante etapas, mas compensa cada uma delas. O risoto, cremoso e neutro, ganha o toque crocante e intenso da couve-flor, da sálvia frita e da farofinha de amêndoas.


AutorPanelinha

Tempo de preparoAté 2h

ServeAté 6 porções

Para o risoto

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de arroz para risoto (arbóreo)
  • 1,5 litro de caldo de frango caseiro
  • 1 cebola
  • ½ xícara (chá) de vinho branco seco
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • de raspas de 2 limões taiti
  • 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

  1. Prepare a farofinha de amêndoas, a couve-flor e sálvia antes de começar o risoto (as receitas estão abaixo). 
  2. Numa panela, leve o caldo de frango ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e mantenha o caldo aquecido durante todo o preparo.
  3. Descasque e pique fino a cebola.
  4. Leve outra panela grande ao fogo médio. Quando aquecer, regue com 2 colheres (sopa) de azeite e refogue a cebola picada com uma pitada de sal, mexendo bem, até murchar. Acrescente o arroz e refogue por 3 minutos para envolver bem os grãos com azeite. Tempere bem com sal e pimenta – lembre-se de que o caldo caseiro não leva sal!
  5. Regue com o vinho e misture até secar. Adicione 2 conchas do caldo e misture bem. Deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até secar. Repita o procedimento, adicionando o caldo, de concha em concha, mexendo, até o risoto ficar no ponto –  o grão deve estar cozido mas ainda durinho no centro (al dente).
  6. Atenção: na última adição de caldo, mexa e desligue o fogo. Não deixe secar completamente, o risoto deve ficar bem úmido. Acrescente a manteiga, o parmesão, as raspas de limão e misture bem. Sirva a seguir com a couve-flor e sálvia fritas, e polvilhe com farofinha de amêndoas.

Para a couve-flor e a sálvia fritas

Ingredientes

  • 1 couve-flor
  • ½ maço de sálvia
  • ⅓ de xícara (chá) de farinha de trigo
  • 2 xícaras (chá) de óleo

Modo de preparo

  1. Corte a couve-flor em floretes pequenos. Lave sob água corrente e deixe os floretes no escorredor por alguns minutos para escorrer bem a água. Seque bem os floretes com um pano de prato – isso evita que o óleo espirre na hora de fritar. Passe as folhas de sálvia pela farinha de trigo para empanar – não precisa passar no ovo, é só para formar uma capinha bem fina de farinha.
  2. Numa panela pequena, leve o óleo para aquecer em fogo médio – para saber a temperatura certa para fritar, coloque um palito de fósforo no óleo, quando acender, está no ponto. Forre uma travessa com papel-toalha.
  3. Quando o óleo aquecer, abaixe o fogo e, com uma escumadeira, coloque alguns floretes de couve-flor, delicadamente, para o óleo não espirrar, e deixe fritar por 1 minuto, mexendo com a escumadeira, até dourar. Transfira os floretes para a travessa forrada, tempere com sal e repita com o procedimento restante.
  4. Depois de fritar todos os floretes, mantenha o óleo em fogo baixo e, com a escumadeira, mergulhe as folhas de sálvia em etapas para fritar por 30 segundos – atenção: é bem rápido, mesmo! Transfira para a travessa com papel-toalha. As folhas vão ficar crocantes depois de esfriar.

Para a farofinha de amêndoas

Ingredientes

  • ½ xícara (chá) de amêndoas inteiras com pele
  • 1 colher (sopa) de manteiga

Modo de preparo

  1. Na tábua, pique grosseiramente as amêndoas – pode deixar pedaços maiores e menores misturados.
  2. Leve uma frigideira pequena com a manteiga fogo médio. Quando derreter, junte as amêndoas e mexa até dourar. Transfira para uma tigela e deixe esfriar completamente antes de servir.