Imagem da receita

Salada de milho grelhado

Essa receita de sabor bem mexicano vale ouro! Dá um brilho a pratos como ovo mexido, risoto, arroz com feijão ou torrada de abacate. Sirva também como salada ou acompanhamento.


Autorpanelinha

Tempo de preparoPá-Pum

ServeAté 4 porções


Ingredientes

  • 4 espigas de milho-verde
  • ½ pimentão amarelo
  • ½ cebola roxa
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • caldo de 1 limão siciliano
  • ½ colher (chá) de cominho em pó
  • ½ colher (chá) de sal
  • 6 ramos de coentro
  • azeite a gosto
  • cubos de gelo

Modo de preparo

  1. Descasque e corte a cebola em cubos pequenos de 0,5 cm. Transfira para uma tigela, junte cubos de gelo e cubra com água. Mantenha a cebola imersa enquanto prepara o restante dos ingredientes – assim ela perde o ardido e fica crocante.
  2. Descarte a palha, o cabelo e lave bem as espigas de milho sob água corrente com uma escovinha para legumes. Lave e seque o pimentão, as folhas de coentro e a pimenta dedo-de-moça.
  3. Leve uma chapa de ferro (ou frigideira com grelha) ao fogo médio. Quando estiver bem quente, pincele 1 colher (chá) de azeite nas espigas de milho e coloque na chapa para dourar. Conforme o milho for dourando, vire a espiga com uma pinça para tostar toda a superfície – isso leva cerca de 20 minutos. Se preferir você pode grelhar o milho na churrasqueira. 
  4. Transfira os milhos grelhados para uma travessa e deixe amornar o suficiente para conseguir manusear as espigas. 
  5. Descarte as sementes e corte o pimentão em cubos pequenos de 0,5 cm. Corte a pimenta dedo-de-moça ao meio, no sentido do comprimento. Com a ponta da faca, raspe e descarte as sementes. Pique fino cada metade. Dica: para evitar acidentes com dedos apimentados nos olhos, passe óleo ou azeite nas mãos depois de cortar as pimentas — a capsaicina, substância responsável pelo ardor, é lipossolúvel. Depois, lave as mãos com sabonete para tirar o óleo.
  6. Para debulhar os milhos: apoie a espiga dentro de uma assadeira (ou travessa) e corte os grãos de milho, no sentido do comprimento da espiga, bem rente ao sabugo. Transfira o milho debulhado para uma tigela.
  7. Escorra a água e junte a cebola ao milho. Adicione o pimentão, a pimenta, o caldo de limão e 2 colheres (sopa) de azeite. Tempere com o cominho e o sal. Misture as folhas de coentro e sirva a seguir. Se preferir, mantenha a salada na geladeira e finalize com as folhas de coentro só na hora de servir.

ATALHO

Se preferir utilizar a versão congelado do milho, descongele 300g (2 xícaras) de grãos no micro-ondas ou passando sob água corrente. Deixe escorrer bem numa peneira por alguns minutos antes de dourar. Leve uma frigideira grande ao fogo médio, regue com 1 colher (chá) de azeite e adicione o milho. Deixe dourar, mexendo de vez em quando, por cerca de 10 minutos. Atenção: quanto maior for a frigideira melhor para dourar o milho, evite também mexer em excesso para que os grãos não liberem líquido – ele deve ficar tostadinho.

Como armazenar

A salada dura 3 dias na geladeira, em pote bem fechado.

Adiante o preparo

Você pode grelhar o milho e guardar na geladeira por até dois dias. Pode, por exemplo, grelhar as espigas na churrasqueira no fim de semana e preparar a salada na segunda-feira. Também dá para deixar a salada pronta, sem as folhas de coentro, na geladeira por 3 dias. Então misture as folhas de coentro e sirva em seguida.

Compre o que você precisa

Loja Panelinha