Banner do Blog

Cozinha Prática Verão 2017

Imagem do post

Comer melhor está entre as suas resoluções de ano novo? Então você está no lugar certo. Tenho uma estratégia ambiciosa para melhorar a alimentação de todos. Aliás, não é de hoje. No ano que passou, falamos muito sobre a classificação dos alimentos. Você já deve saber que a sua alimentação deve ser feita principalmente de alimentos in natura e minimamente processados – que viram pratos saborosos na cozinha de casa. Sabe também que os alimentos processados, como o pão e o queijo, por exemplo, fazem parte mas não devem ser a base da alimentação. Já os ultraprocessados, aqueles produtos que imitam e substituem a comida de verdade, precisam ser cortados do cardápio.

De mentira – e mentirosos!
Entre os alimentos ultraprocessados estão itens óbvios, como os refrigerantes, a comida pronta para consumo, feita e temperada na fábrica, cheia de aditivos químicos – lasanha, estrogonofe, nuggets, entre tantos outros. Mas tem também os não tão óbvios, que só o olhar treinado a ler os ingredientes do rótulo pode descobrir. São produtos que enganam o consumidor desavisado. De um lado da embalagem está escrito: “molho caseiro”. Mas basta você virar a lata para ler, entre os ingredientes, vários aditivos químicos, como emulsificantes, saborizantes ou corantes usados para imitar propriedades sensoriais de um alimento caseiro ou para esconder propriedades sensoriais não desejadas, resultantes do processamento. O mesmo vale para o pão de fôrma, os temperos prontos, sejam eles caldos ou molhos para salada, muitas bebidas lácteas e iogurtes e até geleias.

Para começar o ano, vou mostrar como preparar em casa esses alimentos ultraprocessados que você está consumindo sem prestar muita atenção. Você vai ter nas mãos ferramentas para mudar radicalmente a sua alimentação, sem abrir mão das suas comidinhas de sempre. A diferença é que você vai aprender a fazer melhores escolhas no supermercado e vai saber quais itens pode comprar, e quais pode deixar para fazer em casa.

Na quinta-feira, às 21h15, estreia a temporada inédita do Cozinha Prática Verão. Nesta edição especial de 2017, a cada episódio, vou mostrar que muita coisa que vai para o carrinho de compras no piloto automático pode dar lugar a versões caseiras, deliciosas e versáteis. #DáPraSerCaseiro, gente!


Os preparos de base
Ao longo dos sete episódios da temporada, você vai aprender a preparar: pão de fôrma, iogurte, geleia, temperos para carnes, molho de tomate e seleta de legumes. E cada um desses alimentos vai ser a base de muitas outras preparações. Quem fez as contas notou que são sete episódios e apenas seis preparações básicas. Isso porque, a cada episódio, vou guardar alguma sobra para ser usada do último programa. Uma fatia de pão de fôrma amanhecida, por exemplo, vai virar farinha de rosca e ser aproveitada no preparo de um irresistível bife à milanesa. Você vai ver na prática como é que essa história de economia doméstica funciona! Não perca nenhum dos episódios.

(Muita) comida de verdade
Os programas da temporada de verão têm mais tempo. São 45 minutos, em vez de meia hora. Com isso, tenho mais espaço na telinha para, mais uma vez, bater na tecla do milagre da multiplicação na cozinha: de tempo, de variedade e de sabores. E mais: você vai descobrir que pode gastar menos e comer melhor. A cada episódio, para otimizar a receita de base, você vai aprender muitas outras preparações.

Para viagem – ou para conservar
Outra novidade da temporada: vou mostrar como porcionar, armazenar, congelar, descongelar e até embalar as suas novas receitas caseiras para viagem! Afinal, muita gente está de férias e quer aproveitar as comidinhas na praia, para fazer bonito (e saboroso) no piquenique, para enganar a fome na viagem de carro e até para deixar a festa na piscina mais charmosa.

Esta temporada vai revolucionar a sua despensa, a sua cozinha, os seus passeios, as suas férias. Vem comigo, que vai ser divertido demais!

O Cozinha Prática Verão vai ao ar na quinta-feira às 21h15, com reapresentações às sextas (17h15); sábados (10h45 e 21h45); domingos (06h45 e 14h30); terças (04h30) e quartas (18h30).

Foto: Editora Panelinha

Categorias relacionadas

Causos

Aprenda a cozinhar