Banner do Blog

Clássicos renovados para o Natal 2018

Imagem do post

Neste Natal, decidi destacar minhas receitas favoritas para a Ceia. Claro que incluí os clássicos, como peru e torta de nozes, mas para compor o cardápio, entraram duas novidades: o cuscuz paulista com saladinha de repolho e o lombo de porco ao leite.

Confira o Especial Natal 2018

As duas receitas são versões de pratos que já tinham sido publicados no aqui. Mas o visual foi totalmente renovado para deixar a mesa de Natal belíssima! Como sei que a turma que acompanha o Panelinha de perto adora uma história de bastidor, vou contar como cheguei dessas duas apresentações.

Veja também: vídeo mostra making of da Receita Panelinha

Cuscuz: a receita que veio da louça

Um prato de bolo com pé é ótimo para criar volumes na mesa – ele deixa tudo mais interessante. E não é porque chama prato de bolo que só pode ser usado para doces! Com isso em mente, resolvi testar apresentação do cuscuz paulista do Natal, que desta vez ganhou versão vegetariana. 

Para completar, pensei em finalizar com uma saladinha de repolho que formasse uma especie de guirlanda no prato. Por isso, usei uma fôrma com furo no meio. Daí veio a ideia de fatiar fininho um repolho roxo, que ficaria lindo com a cor do prato.

Na hora de pensar na montagem, já sabia que o ovo não iria para dentro da fôrma –– não curto aquele gosto de geladeira que fica quando o ovo vai para a  lateral do cuscuz. A solução foi decorar a guirlanda, digo, a saladinha, com ovinhos de codorna, só na hora de servir.

É claro que não precisa ter o prato para servir o cuscuz, mas se quiser que fique igualzinho ao meu, veja aqui onde comprar as peças do Acervo Panelinha, a minha marca de louças.

Lombo: preparo renovado

No Panelinha, tem uma receita maravilhosa – e superfestiva – de lombo recheado com banana. Para este ano, porém, eu queria um preparo mais prático, com menos etapas. Foi assim que nasceu essa receita de lombo ao leite com figos grelhados.

Lembrei de uma receita antiga, um lombo cozido no leite. Um dos trabalhos que a gente faz aqui é o de revisitar receitas, para renovar o visual e eventualmente ajustar o preparo. Pois este lombo continuava em excelente forma. O molho aveludado, a carne totalmente úmida, o sabor intenso!

Além de ser delicioso, é praticamente à prova de ressecamento. Na hora de preparar, é legal prestar atenção alguns detalhes. 

 

  1. O lombo tem que caber na panela, de preferência com sobra (para deixar o calor circular).
  2. A panela tem que estar bem quente na hora de selar – se estiver fria, ele vai soltar água e cozinhar e a carne vai ficar ressecada. 
  3. Na hora de virar, espere o lombo realmente desgrudar do fundo e use uma pinça (o garfo vai furar a peça e isso pode deixar a carne ressecar).
  4. Depois de cozinhar a carne, deixe descansar por 10 minutos, antes de cortar. Esse tempo é fundamental para os sucos da carne se redistribuírem. Ela fica mais úmida e não despedaça ao ser fatiada.

 

Para deixar o preparo bem natalino, ele vai à mesa com figos grelhados (antes, era com risoto de grãos). Além de ficar lindo, o sabor combina demais com a carne de porco.

São duas receitas excelentes, não só para o Natal. Aproveite!