Banner do Blog

Está aberta a temporada da fondue de queijo

Imagem do post

Quando chega o frio, aparecem nos supermercados aquelas ilhas nos meios dos corredores repletas de embalagens de fondue de queijo pronto. É só derreter. Parece boa ideia, mas basta ler a lista de ingredientes na parte de trás da embalagem para sacar que são produtos ultraprocessados, cheios de aditivos químicos para dar gosto de queijo, jeito de queijo e textura de queijo a misturas que de queijo mesmo têm muito pouco.

Fondue de queijo de verdade é uma mistura de queijos derretidos. Não é difícil de preparar. E quando você aprende a fazer ganha autonomia para escolher os seus queijos e ir chegando na sua receita de fondue.

 

Leia: Aprenda a escolher queijos para fazer fondue
Leia: Não precisa de panela de fondue para preparar a receita
Leia: O pão ideal para acompanhar a fondue de queijo

 

O que é fondue

Na prática, fondue de queijo é uma mistura de queijos derretidos que leva vinho branco e um gole de destilado. No original, da Suíça, os queijos são gruyère e emmenthal e o destilado usado é o kirsch, feito de cerejas. No Panelinha, temos duas versões. Uma com queijos tradicionais da receita e outra bem brasileira, com minas padrão do lugar do emmenthal. Em vez de kirsch, vamos de cachaça.

Dicas de preparo

Alguns truques garantem que a fondue saia perfeita. 1. Passar a metade de um alho na panela em que vai preparar a receita, para dar perfume e sabor. 2. Mexer devagar e sempre, para que a textura fique cremosa. Você coloca um pouco de um dos queijos, mexe, um pouco do outro, mexe. Isso evita que se forme uma massa dura. 3. Adicionar um pouco de amido de milho, para evitar que a gordura do queijo separe.


Hora de servir
Atenção ao detalhe: tudo deve estar absolutamente pronto lá na mesa para a chegada da fondue – ela é a estrela da festa e não pode (nem sabe) esperar.

Fotos: Editora Panelinha / por Ricardo Tosca