Banner do Blog

2016: um ano histórico no Panelinha

Imagem do post

Que ano, minha gente. Que ano – e parece que ainda tem coisa para acontecer... Mas vamos deixar de lado, por um momento, os assuntos do Jaburu, digo, o Palácio – e também da Trump Tower, e até o número 10 na Downing Street. Apesar de tudo, para o Panelinha, 2016 foi um ano histórico, no bom sentido.

Desde o lançamento do Guia Alimentar para a População Brasileira, o nosso papel ficou ainda mais claro: o Panelinha foi o único livro brasileiro indicado como fonte para quem quer seguir uma alimentação saudável. Há quase duas décadas, ensinamos isso na prática com as nossas receitas que funcionam. Mas o Guia esclareceu os conceitos por trás dos princípios que a gente sempre praticou.

Existe comida de verdade e imitação de comida. Uma é feita em casa, a partir de alimentos que vêm da natureza (in natura ou minimamente processados). A outra é feita e temperada na fábrica, cheia de aditivos químicos, sejam conservantes, colorantes, aromatizantes, emulsificantes etc. (Essa comida ultraprocessada pode até enganar o seu paladar, mas não engana a sua saúde.) Saber diferenciar uma coisa da outra é importante. Mais do que isso: é libertador. Você descobre que comer bem é muito mais simples do que parece. Sendo comida de verdade, vale tudo. Se for de mentira, melhor riscar da lista de compras. É por isso que saber cozinhar é essencial para quem quer manter uma alimentação saudável de verdade: é a ferramenta que transforma os alimentos que vêm da natureza em pratos saborosos.

Este ano, pela primeira vez, assumimos o nosso papel de difundir os princípios da alimentação saudável, de verdade, não só na prática – com as nossas receitas que funcionam. No site, nos livros, no YouTube, na TV, em palestras... Passamos o ano em produção, pensando na sua cozinha, imaginando a sua mesa e trabalhando para que você se animasse a melhorar a alimentação da sua casa. Conheça a seguir as nossas principais iniciativas.


1. Parcerias científicas

Logo no começo do ano, assinamos um convênio com Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo – sim, é coisa seriíssima! –, que é coordenado pelo prof. Carlos Monteiro. Monteiro e sua equipe são os organizadores do Guia Alimentar para a População Brasileira. Na sequência, formalizamos mais uma parceria: o Panelinha passou a ter o aval da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Nos dois casos, o objetivo foi o mesmo: dar sólidas bases científicas para todas as nossas publicações. Na foto, o prof. Monteiro (à esq.) e Marcus Vinícius Bolívar Malachias, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.


2. Blog ‘Alimentação Saudável [de verdade]’
Saiba mais sobre o blog Alimentação Saudável [de verdade]
Em março, lançamos o primeiro fruto da nossa parceria científica com o NUPENS/USP. Numa conversa contínua e diária, o leitor aprendeu a fazer melhores escolhas para todas as refeições. O blog ensinou na prática a nova classificação dos alimentos, por grau de processamento – uma revolução na área da nutrição, mas principalmente no dia a dia das pessoas. E também apontou as armadilhas em que muita gente acaba caindo – até mesmo quem costuma cozinhar –, e também indicou os atalhos que a indústria oferece para quem não tem tempo para cozinhar.


3. Curso ‘Comida de Verdade’

Apresentado pelo prof. Carlos Monteiro e por mim, esta produção exclusiva do canal Panelinha no YouTube apresenta em 10 aulas os princípios que garantem uma alimentação saudável, de verdade, dentro e fora de casa. Como contei ali no item 1, Monteiro e sua equipe organizaram o Guia Alimentar para a População Brasileira.


4. Projeto ‘O Que Tem na Geladeira?’

Composto por uma série de 30 episódios no canal Panelinha no YouTube, um perfil no Instagram e um livro, o projeto ‘O Que Tem na Geladeira?’ vai direto ao ponto: ensina a transformar os alimentos comprados na feira em refeições variadas e saborosas todo santo dia. Este é o maior desafio de quem cozinha no dia a dia – e busca uma alimentação saudável de verdade. (Alimentação saudável não é restrição, é variação!)

O livro ‘O Que Tem na Geladeira’, produzido pela editora Panelinha e lançado em parceria com a editora Senac, desde o seu lançamento, em setembro, figura nas principais listas de mais vendidos do país – e chegou ao número 1 no ranking da revista Veja.

Saiba mais sobre o projeto ‘O Que Tem na Geladeira?’


5. Palestra ‘Cozinhar vai mudar a sua vida’

Para difundir os conceitos da alimentação saudável de uma forma presencial, levei a palestra ‘Cozinha vai mudar a sua vida’ para diferentes lugares, desde o Ministério da Saúde, passando pela Organização Pan-Americana da Saúde e até no Congresso Brasileiro de Cardiologia, entre outros. Foi um desafio e também uma emoção falar pessoalmente sobre os conceitos transformadores do Guia somados à experiência prática desses 16 anos do Panelinha.


6. Temporada de Verão


Na temporada do programa Cozinha Prática Verão, produzida pelo Panelinha para o canal GNT, fui conversar com especialistas em assuntos que, sem que a gente perceba, influenciam o nosso jeito de cozinhar. Por exemplo, Bel Lobo nos ensinou a decorar a cozinhar e transformá-la num ambiente mais agradável para a família toda. O prof. Monteiro foi claro: coma comida, não nutrientes. A nutricionista Sophie Deram comprovou porque comer com prazer é a melhor dieta. No total foram sete episódios, com conceitos, dicas e receitas para deixar a cozinha mais prática.

7. Temporada dos cardápios rápidos

Produzida pelo Panelinha para o canal GNT, o programa Cozinha Prática mostrou no primeiro semestre soluções para quem chega em casa do trabalho e precisa preparar o jantar em pouco tempo, mas sem abrir mão de comer comida de verdade. Mais do que isso, quis mostrar que, com um pouco de bom humor e muita música, é possível transformar a hora do preparo do jantar, que pode ser um fardo para muita gente, num momento gostoso. Foram treze cardápios completos e muitas dancinhas! Tudo para estimular as pessoas a cozinhar mais – e desembalar menos.


8. Temporada das cozinhas
Para quem está disposto a cozinhar, manter uma alimentação saudável pode ser simples – apesar de este tema ser tão complexo! Enumerar os conceitos que definem a alimentação saudável sem uma aplicação prática poderia deixar a conversa abstrata, um pouco árida, talvez. Quem acompanhou os treze episódios inéditos da sétima temporada do Cozinha Prática (que está reprisando no canal GNT), pode ter notado que, além das receitas, das visitas às cozinhas e dos painéis de inspiração, a cada programa mostramos soluções para os principais obstáculos que afastam as pessoas da boca do fogão.
Visitar pessoas com diferentes perfis – solteiros, casais, famílias... – foi uma espécie de truque para a gente mostrar na prática alguns princípios da alimentação saudável. Ou seja, a gente mudou um pouco o formato, incluindo personagens que dessem cara a esses conceitos, para falar da mesma coisa. Confira as principais soluções para melhorar a sua alimentação neste post.


9. No site

Desde março de 2000 a gente faz de tudo para levar as pessoas para a cozinha. Mas este ano, com as parcerias científicas, aproveitamos para destacar os princípios da alimentação saudável de verdade em cada texto publicado no site, em cada uma das mais de 300 receitas publicadas.
O especial de Dia das Mães, por exemplo, girou em torno das tortas, um preparo cheio de etapas, perfeito para ilustrar a divisão de tarefas. Fica muito mais saboroso mostrar que todos devem ser responsáveis pela alimentação quando o resultado é uma deliciosa torta de limão com merengue. Por trás das 10 receitas de tortas doces e salgadas, a ideia era convidar todo mundo para participar da preparação do prato.


10. Nas redes
Para os nossos mais de 1 milhão de seguidores somados nas redes sociais, publicamos vídeos curtos de receitas fáceis (e com a receita inteira colada na legenda), dicas certeiras para contornar os obstáculos da cozinha, fotos lindas para inspirar, para despertar a vontade de cozinhar e comer comida de verdade.
Em abril, estreamos o #HappyHourComRitaLobo no LIVE do Facebook, que vai ao ar às sextas-feiras. Com as nossas transmissões, junto com a equipe do Panelinha, respondi centenas de dúvidas – e, principalmente, demos muita risada juntos! E em dezembro, passamos a ter encontro marcado também às segundas com o ‘Rita, Help! Especial Natal’ no YouTube.

Como este é meu último post do ano, aproveito para desejar boas festas.
Até 2017!

Fotos: Editora Panelinha