Banner do Blog

Precisa mesmo ser processado? Ou pode ser in natura?

Imagem do post

Na hora das compras, a lista de ingredientes é um bom termômetro para levar ou descartar produtos. Se não tiver rótulo, pode encher o carrinho porque são produtos in natura ou minimamente processados. O rótulo tem vários itens e muitos nomes que você nem reconhece? Pode esquecer. É ultraprocessado. Ou seja, imitação de comida.

Mas tem outra boa coisa pra pensar e já sair do piloto automático: será que não tem esse produto fresco? Por que eu preciso do processado?

Falou palmito, por exemplo, quase todo mundo pensa na versão em conversa. Mas você pode comprar o palmito in natura, fresco, cortado de diversas formas. O episódio de hoje da série ‘O Que Tem na Geladeira?’ é dedicado a esse ingrediente.

Assista aqui ao episódio:


O palmito in natura faz toda a diferença no recheio da torta de palmito, essa bem bonita, que ilustra este post.

O palmito fresco também vira espaguete de pupunha com manteiga e sálvia para acompanhar o paillard de frango.

Quer mais uma? Ele pode ser grelhado e servido com pesto de manjericão e castanha-de-caju.

Foto: Editora Panelinha