Banner do Blog

Da Bahia para sua mesa: frigideira de bacalhau

Imagem do post

Você já experimentou uma frigideira? Calma lá! Não é a panela! Mas sim um clássico da culinária baiana. Paloma Jorge Amado conta em seu livro A cozinha baiana de Jorge Amado – tema do Pitadas nesta semana – que este é um "prato delicioso, fácil de preparar, sempre presente na mesa baiana". Além disso, pode ser um curinga na cozinha. Por ser versátil, a frigideira permite alterações no ingrediente principal e você pode diversificar os sabores. Ovas de peixe, siri, carne com chuchu, camarão são algumas alternativas para quem não é fã de bacalhau.

Veja a receita da frigideira de bacalhau

"A frigideira é um refogado que se apurou bem, coberto com ovos batidos", explica a autora no livro com receitas citadas na obra do pai, Jorge Amado. Esse preparo seria resultado de uma grande miscigenação entre a culinária portuguesa e a africana, cada uma com as suas influências, e é destaque no romance Gabriela, cravo e canela.

A frigideira de bacalhau é uma ótima sugestão de prato principal – no dia a dia, é preparo rápido; nos almoços em família, faz bonito na mesa: sirva direto da frigideira.


Veja mais do especial A Comida Baiana da Paloma:

Acarajé, o tira-gosto mais famoso
Saiba mais sobre o livro a comida baiana de jorge Amado

Foto: Editora Panelinha