Banner do Blog

Sopa enfeitada

Imagem do post

Assim que o clima esfria, a gente começa a usar lenço, pashmina e outros acessórios cheios de charme – parece até que as pessoas ficam mais elegantes. Esta semana, no Panelinha, vamos usar essa mesma lógica e produzir looks incríveis para sopas: vale um toque de frescor das ervas, o ritmo crocante das castanhas e dos croutons, uma turbinada da farofinha de bacon ou da carne seca, o mix da gremolata ou do pesto, a intensidade da pitada de páprica e outras especiarias e até um brilho de acidez do limão ou do iogurte. São camadas extras de sabor que vão deixar as sopas com jeitão de festa!

 

É para descer a sopeira do armário, abrir um vinho e aproveitar as noites frias do inverno no maior alto astral.

 

Acompanhe as ideias de acabamentos para sopas no Blog Pitadas. Agora, vamos lá... Não posso deixar de aproveitar a oportunidade para falar de comida de verdade, porque é só mencionar a palavra sopa que muita gente vai até a despensa ver se tem um cubo de caldo. Minha sugestão: se tiver, jogue fora.

 

Leia o rótulo e você vai descobrir que sal, gordura vegetal e amido são os principais ingredientes deste tipo de produto.  Depois, podem vir os legumes, como alho-poró, cebola, tomate, cenoura, repolho, cúrcuma, alho, salsa, aipo. Mas, atenção, junto com eles estão os realçadores de sabor e aromatizantes.

 

O que o rótulo não explica é que o processo de desidratação dos legumes destrói os aromas originais e, por isso, o sabor do caldo é na realidade o dos realçadores e aromatizantes, que são compostos industriais sintéticos.

 

Isso significa que os alimentos de verdade presentes no caldo industrializado estão em quantidades quase imperceptíveis. O que você está de fato colocando na sua comida é um monte de aditivos químicos, entre eles os realçadores, como glutamato monossódico, sal e gordura, em quantidades enormes, que você não usaria em preparações 100% caseiras.

 

 

É por isso que para muitas pessoas é tão difícil cozinhar sem os temperos industrializados: eles são viciantes e ainda estragam o paladar. Em pouco tempo, a pessoa acha que a sopa feita com alimentos de verdade não tem sabor. Quem usa tempero pronto acaba ultraprocessando a comida caseira.

 

Entenda a classificação dos alimentos por nível de processamento

Assista ao curso Comida de Verdade

Conheça o projeto O Que Tem na Geladeira?

 

Caldo de verdade

Além dos acabamentos cheios de charme e de sabor que você confere no Blog Pitadas, o segredo para sopas bem saborosas, intensas, brilhantes é investir no preparo de caldos caseiros. Separe um tempinho – uma noite mais tranquila, um dia no fim de semana –, e prepare logo um lote de caldos para a estação.

 

Aqui no post você encontra nas receitas relacionadas muitas opções de caldo. E o mais legal é que, além dos clássicos, tem ainda a versão a jato: em 20 minutos na panela de pressão, sai um caldo de carne perfumado e, com a carne cozida, ainda dá para preparar o delicioso hummus ma lahma. Isso é inteligência doméstica!

  

Não deu tempo ou ficou sem vontade de preparar um caldo? Sem problemas: capriche no refogado! Além dos legumes aromáticos, como cebola, alho-poró, cenoura, salsão, incluia especiarias, como cravo, canela, curcuma, pimenta-da-Jamaica, cardamomo, páprica. Vale tudo, só não pode caldo industrializado!

 

 

O Panelinha tem mais de 50 receitas de sopa para você se inspirar já! Depois é só seguir as dicas do Blog Pitadas para dar ainda mais brilho às cumbucas.